Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

"Santiago, Itália" do cineasta italiano Nanni Moretti em streaming (sexta feira dia 22 de maio às 18h00)

Data:

18/05/2020


Apesar da grande oferta de filmes e festivais em streaming, com as salas de cinema fechadas, ficou difícil encontrar filmes de qualidade. Para os indecisos, uma indicação confiável é um achado. Por isso, este Consulado tem o prazer de apresentar o premiado documentário “Santiago, Itália” do cineasta italiano, Nanni Moretti, que será exibido numa sessão em streaming gratuita a partir de sexta feira dia 22 de maio às 18h00.

Convidamos aos interessados em assistir ao filme em enviar um e-mail para belohorizonte.promozione@esteri.it até quinta feira dia 21 de maio, para que posteriormente possam receber link e senha de acesso.

O filme, legendado em português, ficará disponível online na plataforma Vimeo durante 48horas.

Bom proveito!

 

SANTIAGO, ITALIA (SANTIAGO, ITÁLIA, 2018, doc). Direção: Nanni Moretti

Chilenos conversam com o diretor Nanni Moretti não em sua bela língua espanhola, mas num perfeito italiano. Que chilenos são esses? Há um estranhamento no começo do documentário Santiago, Itália (Santiago, Itália, 2018), de Nanni Moretti, que confunde línguas e nacionalidades. Pouco a pouco o mosaico torna-se mais nítido, as peças do quebra-cabeça se encaixam e o filme torna-se fascinante.

Moretti resgata do passado recente um episódio pouco conhecido que envolveu chilenos desesperados após o golpe de 11 de setembro de 1973, que depôs o presidente eleito Salvador Allende, e instaurou no Chile uma ditadura governada por uma junta militar chefiada pelo General Augusto Pinochet, mostrando o papel da Embaixada da Itália, onde muitos oponentes procurarão abrigo.

Levados por um rumor, chilenos opositores do regime pularam o muro (ou foram empurrados e puxados para dentro) da Embaixada italiana em Santiago. Os diplomatas os abrigaram a despeito do perigo que todos corriam. Os saltadores passaram a morar caoticamente na Embaixada. Graças aos diplomatas italianos centenas de asilados conseguiram voar para a Itália quando o regime proibia todo chileno de sair do país. Através de entrevistas com esses felizardos – entre os quais os cineastas Patrício Guzmán (Nostalgia da Luz) e Miguel Littín (Actas de Marusia) –, Nanni Moretti revela-nos a história desses chilenos que refizeram suas vidas na Itália num período tenebroso da história recente da América Latina.

“Santiago, Itália” ganhou o David di Donatello de Melhor Documentário de Longa-metragem de 2018.

*******************************************************************************

SANTIAGO, ITALIA (2018, documentario). Regia: Nanni Moretti

Cileni che parlano con il regista Nanni Moretti non nella loro bellissima lingua spagnola ma in un italiano perfetto. Che cileni sono questi? Inizia con una sensazione di spaesamento il documentario “Santiago, Italia (2018)”, di Nanni Moretti, nel quale si confondono lingue e nazionalità. A poco a poco il mosaico si fa più chiaro, i pezzi del puzzle si incastrano e il film diviene affascinante.

Moretti recupera dal passato recente un episodio poco noto riguardante alcuni cileni disperati, a seguito del colpo di stato dell’11 settembre 1973 che depose il presidente eletto Salvador Allende e instaurò in Cile la dittatura governata dalla giunta militare guidata dal generale Augusto Pinochet, e mostra il ruolo svolto dall’Ambasciata d’Italia, presso cui molti oppositori cercarono riparo.

Spinti da un sentito dire, gli oppositori cileni al regime saltarono oltre il muro - o furono spinti e tirati dentro – dell’Ambasciata italiana a Santiago. I diplomatici gli diedero rifugio, nonostante il pericolo che ciò rappresentava per tutti. I “saltatori” iniziarono a vivere nell’Ambasciata alla bell’e meglio. Grazie ai diplomatici italiani centinaia di richiedenti asilo riuscirono ad imbarcarsi su voli per l’Italia, proprio mentre il regime proibiva a tutti i cileni di lasciare il paese. Attraverso le interviste a questi fortunati - tra cui i cineasti Patrício Guzmán (Nostalgia da Luz) e Miguel Littín (Actas de Marusia) -Nanni Moretti rivela la storia dei cileni che hanno ricostruito la loro vita in Italia durante un periodo buio della recente storia latinoamericana.

Nel 2018 “Santiago, Italia” ha vinto il David di Donatello come Miglior Documentario di lungometraggio.


1224