Questo sito utilizza cookies tecnici (necessari) e analitici.
Proseguendo nella navigazione accetti l'utilizzo dei cookie.

O Consulado da Itália em Minas Gerais oferece à cidade de Belo Horizonte e Itabira dois grandes murais do artista italiano Millo em ocasião da XIX Edição da Giornata del Contemporaneo

Cattura2

Em ocasião da XIX Edição da Giornata del Contemporaneo, no mês de outubro, o Consulado da Itália em Belo Horizonte trouxe pela primeira vez no Brasil o artista Millo, um dos principais nome da arte urbana contemporânea a nível mundial.

O primeiro mural realizado por Millo foi feito a convite do MAPA – Mostra de Arte Pública, primeiro festival de arte pública de Itabira, realizado pela prefeitura de Itabira e Associação Cultural Casinha com curadoria da Pública, homenageia o poeta itabirano Carlos Drummond de Andrade.

Único artista estrangeiro a participar do evento, Millo realizou uma obra na principal arteira comercial da cidade. Em homenagem ao poeta itabirano, Carlos Drummond de Andrede e à sua cèlebre frase “O vento é contingência, que pode soprar também contra os poderosos. E o papagaio sabe rir do vento, explorando-o, brincando com ele, enquanto o vento supõe que está mandando no papagaio.”, Millo estampou a inocência e a liberdade em um mural de quase 400m2. Agora, quem passa pela av. João Pinheiro e olha para o céu, pode avistar um personagem gigante sobrevoando a cidade sobre uma pipa.

Na segunda etapa do progeto, Millo se deslocou à Belo Horizonte, para o histórico bairro da Lagoinha, conhecido por ser o berço da história da cidade, além de primeiro bairro a receber os imigrantes italianos.

Para desenvolver a obra na região da Lagoinha, Millo fez um passeio pelo bairro com Filipe Thales, coordenador do Viva Lagoinha, iniciativa que promove a requalificação do território por meio da ocupação artística e cultural. O artista realizou uma obra de 200m², que condensa várias camadas de significado do bairro como a população que vive de coleta e venda de sucatas, esse coração grande que une toda a população que luta pela requalificação do bairro e também articula com a temática de sustentabilidade da Giornata del contemporaneo ao trazer o tema da reciclagem. O mural traz na sua centralidade um personagem que carrega várias sucatas que, juntas, têm um formato de coração.

Millo, nome artístico de Francesco Camillo Giorgino, pinta murais em grande escala que mostram habitantes amigáveis explorando seu ambiente urbano. Ele usa linhas simples em preto e branco com traços de cor quando necessário, e muitas vezes incorpora elementos de arquitetura em suas pinturas. O artista participou dos principais festivais de arte urbana do mundo e é um dos principais nomes da arte contemporânea urbana mundial.

 

Giornata del Contemporaneo

 

A Giornata del Contemporaneo, iniciativa que objetiva refletir sobre as possíveis interações entre arte, design e ciência, valorizando a arte contemporânea italiana no mundo. O tema da Giornata del Contemporaneo 2023 é o tema da ecologia, conectado ao da sustentabilidade ambiental.

A iniciativa é promovida pela AMACI – Associação dos Museus de arte contemporânea com o apoio da Direção de Criatividade Contemporânea do Ministério da Cultura Italiano.

MAPA Festival – Mural localizado na Av. João Pinheiro, 475. Centro. Itabira/MG

Artista: Millo (Itália), outubro de 2023

Realização: Prefeitura de Itabira e Associação Cultural Cultural

Produção e curadoria: Pública

Parceria: Consulado da Itália em Belo Horizonte / Giornata del Contemporaneo/ AMACI – Associação dos Museus de arte contemporânea italianos

MURAL Lagoinha – Mural localizado na Rua Itapecerica, 508. Lagoinha. Belo Horizonte/MG

Artista: Millo (Itália), outubro de 2023

Realização: Consulado da Itália em Belo Horizonte – Giornata del Contemporaneo/ AMACI – Associação dos Museus de arte contemporânea italianos

Produção e curadoria: Pública/Juliana Flores

Parceria: Viva Lagoinha/Filipe Thales

Apoio: Prefeitura de Belo Horizonte