This site uses cookies to provide a better experience. Continuing navigation accept the use of cookies by us OK

"A evolução da sociedade na próxima década" | Bate-papo com o sociólogo italiano Domenico De Masi (22 de setembro 2020 às 9:00)

Date:

09/17/2020


A convite do Consulado da Itália em Belo Horizonte, dos Institutos italianos de Cultura de São Paulo e Rio de Janeiro e da Casa Fiat de Cultura, o professor italiano, sociólogo do trabalho e escritor Domenico De Masi vai abordar numa entrevista os novos rumos da sociedade, que chegará transformada em 2030.

Numa conversa com a jornalista Daniella Zupo, ele apresentará sua visão sobre tecnologia, tempo livre, trabalho, ecologia, cultura, demografia e o papel da mulher na vida contemporânea. O evento integra a 14ª edição da Primavera dos Museus.

Para o professor italiano, a Covid-19 pode ser interpretada como uma tentativa extrema da natureza de lembrar e ensinar aos homens que eles são seres mortais e que o homo sapiens não é tão sábio quanto acha que é. Uma tentativa de nos ensinar e lembrar que a saúde vem antes da democracia e a democracia vem antes da economia; que os recursos do planeta têm um limite; que, em vez de lutarmos uns contra os outros, faríamos bem em nos unirmos contra três inimigos comuns: os vírus, o aquecimento global e as desigualdades. Quanto à economia, o novo coronavírus nos ensinou a importância da intervenção pública e a prioridade do necessário sobre o supérfluo.

Domenico De Masi é professor emérito de Sociologia do Trabalho na Universidade “La Sapienza” de Roma onde foi reitor da Faculdade de Ciências da Comunicação. Ele é membro do comitê de ética da Fundação Veronesi. Fundou e dirigiu o “S3.Studium”, uma empresa de pesquisa e estudo em ciência organizacional, a “SIT - Società italiana telelavoro” e a revista “NEXT. Ferramentas para inovação”. Foi gerente e professor do Centro Iri para o Estudo das Funções de Gestão Corporativa (IFAP); Presidente do In / Arch (Instituto Italiano de Arquitetura) e AIF (Associação Italiana de Formadores). É autor de vários ensaios sobre sociologia urbana, desenvolvimento, trabalho, organização e macrossistemas.

No Brasil, seus livros são publicados em diferentes editoras. Lembramos, entre os outros, Ócio Criativo (Sextante), O futuro chegou (Leya), Alfabeto da sociedade desorientada (Objetiva), Uma simples revolução (Sextante), O mundo ainda é jovem (Editora Vestígio).

Data: 22 de setembro

Horário: das 9h às 10h30

Onde: YouTube da Casa Fiat de Cultura (transmissão ao vivo)


1264